segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Visto de fora. Por oposição aos que estão por dentro

Caro Bruno Gomes: Não estou a pensar em a apoiar a sua "canonização" ou mesmo para ser "beatificado". Mas tenho de lhe dar um abraço de solidariedade, no que ao texto concerne. Sem aprofundar das razões do bom resultado das últimas eleições e que agora lhe subtrairão um substancial punhado de votos, sem esquecer o direito de uma de dezena e picos de militantes do PS, afectos ao Bruno, o preferirem ao candidato "quase vencedor" provavelmente em respeito ao purismo ideológico, esperando que seja mentira que a escolha do seu candidato à AM, não tenha sido sufragada pelos militantes, revejo algumas das suas queixas em histórias que se contam pela vila. Olhe do que eu me livrei!

Eduardo Mendes