quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Vamos reflorestar Ferreira do Zêzere?

 A Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere vai promover no próximo sábado, 27 de janeiro a partir das 8h30 na zona florestal do Castro, uma campanha de reflorestação do concelho.
Se quiser ajudar deverá inscrever-se até hoje, 24 de janeiro, para o email: gtf@cm-ferreiradozezere.pt.

As árvores foram oferecidas pelo Projeto “Bacalhau em Movimento” (Academia do Bacalhau do Ribatejo e Clube de Automóveis Antigos de Sta Catarina da Serra), pelos participantes no Trail do Zêzere 2017, também pela candidatura do Município ao Projeto Floresta Comum e pela Fundação Maria Dias Ferreira.
Os participantes deverão vestir roupa adequada, levar uma ferramenta manual e lanche.



terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Mais de 11500 pessoas viram e comentaram Mega Rotunda

Até ao momento 11 579 pessoas viram a notícias do Região do Zêzere sobre a mega rotunda na Gravulha, Águas Belas na correspondência com o fecebook.
Há mais de meia centena de comentários , todos negativos,  sobre as dimensões excessivas e a demora das obras nesta importante via de comunicação.
Todos esperam a resolução rápida e a correção técnica da rotunda que tem causado muitos constrangimentos a particulares e empresas.
Imagem: Luiz Macedo


Concerto de Ano Novo em Ferreira do Zêzere


A casa do Povo de Ferreira do Zêzere vai promover no próximo sábado, 27 de janeiro às 21h00, um concerto de Ano Novo na Igreja de Ferreira do Zêzere.
Atuará a a Orquestra de cordas e o Coro Alfredo Keil, ambos dirigidos pelo prof Pedro Sousa.


Falecimento de Felicidade da Conceição Florindo, do Bêco com 101 anos.


Falecimento de Felicidade da Conceição Florindo, do Bêco com 101 anos.
Mais pormenores na Página OBITUÁRIO

Bruno Gomes reeleito no PS de Ferreira do Zêzere

NOTA DE IMPRENSA ELEIÇÕES NA CONCELHIA DE FERREIRA DO ZÊZERE
Decorreu na passada 6ªfeira, dia 19 de Janeiro, a eleição da Comissão Política da Concelhia de Ferreira do Zêzere. Houve apenas uma lista apresentada à mesa de voto, encabeçada por Bruno Gomes, que foi eleito para mais um mandato de dois anos como líder do PS de Ferreira do Zêzere. Bruno Gomes, além de encabeçar uma lista única, foi eleito pela unanimidade dos militantes, num claro e expresso sinal de união partidária e de apoio dos militantes socialistas, que assim mostram confiar no projecto de continuidade que tem vindo a desenvolver. Após contagem dos votos e encerramento do acto eleitoral, Bruno Gomes mostrou-se confiante na equipa eleita à Comissão Política e grato pelo suporte de todos os camaradas. 
O Partido Socialista de Ferreira do Zêzere


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Artes e ofícios de Ferreira do Zêzere em livro

"Artes e Ofícios tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere" é o  terceiro livro da coleção “Etnografia, tradições e saberes do concelho  de Ferreira do Zêzere” que tem como objetivo a recolha, estudo, preservação e divulgação do património etnográfico ferreirense.
O documento apresenta os ofícios com testemunhos de artesãos, fotografias demonstrativas do ofício e dos instrumentos e utensílios utilizados e em breve serão disponibilizados os vídeos com as entrevistas realizadas.
A autoria é de Rute Tavares, José Afonso Sousa e Cátia Salgueiro, fotografias de Marta Navas, entrevistas de Armando Cotrim, registo vídeo de Pedro Ribeiro e design de Sylvie Lopes.
Com edição da Fundação Maria Dias Ferreira e da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere,  “Artes e Ofícios tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere” apresenta uma compilação de algumas das artes e ofícios antigos realizados no concelho de Ferreira do Zêzere. Algumas foram passando de geração em geração, outras já não se praticam pela falta de aprendizes , pela evolução tecnológica ou porque já não são viáveis monetariamente e estão em vias de extinção. Todos eles foram importantes para o desenvolvimento económico e /ou artístico do concelho de Ferreira do Zêzere.
Este livro aviva-nos a memória e regista de forma exemplar a sabedoria de quem fez destas artes uma profissão, possibilita-nos que não as possamos esquecer e consequentemente de as transmitir às gerações futuras.
Da coleção também fazem parte as monografias: “Trajes tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere : final do século XIX e início do século XX” e “Danças e cantares tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”.


domingo, 21 de janeiro de 2018

Ferreira do Zêzere - Sporting ESGOTADO

O jogo particular de futsal que se realiza no próximo domingo entre as equipas do Sport Club de Ferreira do Zêzere e do Sporting está esgotado. O jogo realiza-se no Pavilhão Municipal às 18h00.
No dia 27 de janeiro, sábado, às 18:00 poderá assistir ao jogo SCFZ - Miranda do Corvo para o campeonato nacional da segunda divisão!


Concerto de Ano Novo em Dornes

A Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense promoveu este domingo o tradicional concerto de Ano Novo, este ano na Associação de Melhoramentos Cultura e Recreio de Dornes.
A iniciativa inseriu-se no almoço de convívio que se realiza periodicamente em Dornes para os sócios e amigos desta coletividade.








Domingo


Neste domingo, o Evangelho de S. Marcus inicia-se com uma breve introdução na qual Jesus anuncia o Reino de Deus. “Completou-se o tempo, o Reino de Deus está próximo, arrependei-vos a acreditai no Evangelho”. Jesus anuncia a Boa Nova como condição para que esta experiência se faça, é preciso “converter-se e acreditar”. 
A conversão significa mudança radical de vida, acreditar implica a fé. Esta não consiste no conjunto complexo de raciocínio, mas sim na adesão incondicional à pessoa de Jesus. Jesus nunca deixa de chamar, o convite é continuo e sem demagogias ou ilusões, Ele nunca promete caminhos fáceis. 
Chama em qualquer profissão, lugar e tempo; chama não pelos nossos méritos, mas porque nos quer revelar o seu amor, o amor do pai. 
É gratuito no seu amor e não espera que lhe levemos nada, mas que deixemos tudo para o Seguir. Ele não espera que o procuremos, mas vem ao nosso encontro e toma a iniciativa do chamamento. Nada nem ninguém o pode impedir de chamar, Ele chama quem quer e a resposta do chamado deve ser imediata e total. 


Senhor, renova o nosso sim e faz de nós teus discípulos atentos e dedicados. Que muitos outros te encontrem através da nossa alegria em servir-Te e perante o testemunho do nosso fascínio em seguir-te.

D. Francisco Senra Coelho

In: Rádio Renascença

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Obras no acesso à A13

Já começaram as obras na estrada desde o ramal de Ferreira do Zêzere em direção a Pias e Areias ou até à A13 estando já trânsito interrompido nesta via.
A alternativa está sinalizada, fica junto aos viveiros Maneis em Águas Belas.
As obras contemplam apenas o alcatroamento e não se prevê o corte das curvas como chegou a ser falado. Só o ramal, onde estão todas as placas, é que vai ser alterado.





quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Mega rotunda

No final da reta da Gravulha em Águas Belas foi construída uma rotunda que não é redonda...é...oval em ponto grande.
Segundo os motoristas de pesados, esta solução tem causado grandes constrangimentos dadas as dimensões e a existência de triângulos com sinalização no meio das vias.
Esta é uma via muito utilizada por motoristas da empresa Zêzerovo e pelos seus fornecedores, para além do acesso a Coimbra pela estrada nacional.
Os moradores também não estão satisfeitos pois obriga fazer toda a rotunda em vez de possibilitar sair,  da Ereira para o Carril, talvez por falta de espaço causado pelas dimensões atuais.

O que acha desta rotunda?

 Imagem: Luiz Macedo

Rally das adegas em Chãos

A Junta de Freguesia de Chãos promove mais uma prova de vinhos na freguesia. A iniciativa vai decorrer no dia 27 de janeiro a partir das 13h30. Inscrições na Junta de Freguesia ou pelos contactos indicados no cartaz.



terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Desafio Gulbenkian – Não à Diabetes

A Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e com a colaboração da UCC Maria Dias Ferreira e a Farmácia Moderna, dinamizou hoje, 16 de janeiro, mais uma ação de prevenção do projeto “Desafio Gulbenkian – Não à Diabetes”, efetuando rastreios de risco de diabetes tipo 2 nas empresas Rações Zêzere e PetMaxi. Estão ainda previstas ações de prevenção junto de outras empresas, tais como, Danesti, Zêzerovo, Uniovo e Sicarze.

A patologia diabetes é um problema de saúde pública em crescimento exponencial e com um impacto a nível mundial e nacional, que afeta seriamente, quer os recursos humanos, quer os materiais. A diabetes tipo 2, a mais prevalente e a que tem aumentado, pode ser prevenida ou, pelo menos, o seu aparecimento pode ser retardado de modo significativo, se adotarmos estilos de vida saudáveis (alimentação e atividade física).

Este projeto tem por objetivo fazer um trabalho inédito e o mais completo possível neste âmbito a nível do concelho. Para o efeito, foi constituída uma equipa municipal multidisciplinar composta por elementos da administração local e saúde, tendo recebido formação específica para a dinamização deste programa.

In: CMFZ



segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Feira do Livro de Natal foi um sucesso


A Feira do Livro de Natal promovida pela Biblioteca Municipal de Ferreira do Zêzere em parceria com a Livraria J.A. Gomes, durante o mês de dezembro, foi um sucesso.

Possibilitou aos Ferreirenses o contacto com novas edições em todas as áreas do saber e a aquisição de livros com descontos de feira.
Esta iniciativa também beneficiou os leitores uma vez que uma percentagem das vendas (145.40€), foi convertida em novos livros para a Biblioteca.

In: BMFZ


Pilhas usadas a favor do IPO

No âmbito do 9.º Peditório Nacional de Pilhas e Baterias a favor do IPO, campanha promovida pela Ecopilhas, com o objetivo de recolher, a nível nacional, pilhas e baterias usadas a favor do Instituto Português de Oncologia (IPO), o município de Ferreira do Zêzere entregou à Resitejo 49,90 kg destes equipamentos. 


 PILHAS, BATERIAS e ACUMULADORES USADOS devem ser colocados no PILHÃO... no meio ambiente tornam-se MUITO PERIGOSAS para a nossa saúde e bem-estar. Uma só pilha pode contaminar com metais pesados milhares de litros de água durante mais de 50 anos...
Os fabricantes de pilhas têm implementado soluções para diminuir o seu teor em metais pesados numa estratégia complementar ao maior uso de baterias nos aparelhos portáteis de maior consumo.
O RIBAS e a equipa da RESITEJO agradecem a TODOS os cidadãos que colaboram nesta "perseguição"!
In: CMFZ




Atenção! nova rotunda em Águas Belas c/vídeo

Na localidade de Gravulha, Águas Belas continuam as obras e o que até agora era o cruzamento para a Sertã ou para Coimbra é agora uma rotunda.
Tenha muito cuidado com as máquinas em manobras e com a nova sinalização. Há condutores que ainda não perceberam que já não podem seguir em frente.
Há expectativa em relação ao formato da rotunda e quais as dimensões.
Publicamos um vídeo com o atual sentido do trânsito.




domingo, 14 de janeiro de 2018

Festival das Migas em Ferreira do Zêzere

Já começou o Festival Gastronómico das Migas. É promovido pela Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere durante este mês de janeiro em vários restaurantes do concelho.
As melhores migas são servidas ao jantar de sexta, ao almoço e jantar de sábado e ao almoço do domingo.
Fica a sugestão da Churrasqueira do Penim em Ferreira do Zêzere



sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Manuel carteiro

PROFISSÕES...
Em todas as terras há personagens que foram únicos e outros que pela natureza das funções que desempenham acabam por marcar a vida destes lugares. E o carteiro era um desses personagens... 


Hoje falamos do Senhor Manuel Dias, o carteiro que palmilhou anos e anos os caminhos do nosso concelho e as ruas da nossa vila. Nascido em Águas Belas, a 1 de Dezembro de 1931, filho de Higino Dias, feitor/caseiro de uma quinta em Águas Belas, propriedade de Virgínia Peres. Manuel Dias nasceu no seio de uma família com poucos recursos, eram 18 irmãos, destes, hoje apenas 8 vivos.


Após concluir a 3ª classe da escola primária, trabalhou no campo, até á idade de ingressar no serviço militar. Depois deste, ingressou nos serviços da Câmara como cantoneiro. Nada fácíl, deslocar-se de bicicleta para os limites do concelho, com uma enxada e uma pá no suporte da bicicleta. Recorda-nos que o actual presidente da Câmara, era então Armando Cotrim. Trabalhou aqui 5 anos, e voltou para o trabalho do campo. Conclui a 4ª classe e concorre para os serviços dos Correios, aqui, é-lhe exigido um exame com prova escrita e oral, mas para o lugar que sonhava...fica em último! Trabalha só e quando solicitado, a fazer as férias e folgas dos colegas colocados. No espaço de tempo vago vai trabalhando no armazém de azeite de Alexandre Calado. Entretanto, com o falecimento de Américo Godinho, tendo Manuel Corda saido para TAP e José do Coito emigrado para a Alemanha, Manuel Dias entra então para efectivo dos serviços em 1959, onde D. Adélia Gonçalves já chefiava o posto. 


Conta-nos que entrava ao serviço ás 7 horas da manhã para receber o correio que vinha de camioneta, seguidamente dividia os giros/destinatários das localidades. Nesta época o correio era distribuído também aos sábados e domingos até ao meio dia. Primeiro palmilhou muitos anos o concelho e depois durante 30 anos os giros rurais, que eram agregados á vila. Para além de entregar correio, encomendas, recebia valores em numerário. Conta-nos que durante estes anos todos entregou boas notícias, mas que infelizmente também entregou más !, Também arranjou muitas madrinhas de guerra para os nossos combatentes que se encontravam no ultramar, era assim a vida de carteiro. Uma figura muito estimada por toda população, colocando a sua missão sempre á frente de tudo! Diz-nos que em datas festivas, como esta que se avizinha, era sempre lembrado pela população. Ainda durante a sua vida profissional, dedicou-se de corpo e alma a uma colectividade do nosso concelho, o Sport Club Ferreira do Zêzere onde trabalhou com outra grande figura que já relembramos Eduardo Mota. Manuel Dias marcava o campo de futebol com um carro de mão, adaptado com cal. Durante muitos anos, esta e muito mais tarefas lhe foram confiadas. O seu contributo a esta colectividade foi reconhecido na Associação de Futebol de Santarém, e homenageado pelo próprio Município. Reformou-se dos serviços aos 65 anos de idade, e continuou ainda com mais intensidade ligado ao Sport Club. Para além deste, optou todos os dias pela sua caminhada matinal e o circuito de bicicleta. 
Hoje, aos 86 anos de idade questionado sobre as diferenças que existem entre os carteiros do seu tempo e os carteiros de hoje, refere que hoje é tudo tão diferente, os novos colegas distribuem a correspondência em carros, não andam a pé, nem de bicicleta, como ele andava, e não vão nem a metade dos sítios e lugares que iam !... "Não invejo o trabalho dos meus colegas de agora......mas está tudo completamente diferente!" 
Desejamos-lhe muitos anos de vida, com saúde... para nós grupo foi um privilégio descrever a profissão deste grande Ferreirense. 
Obrigado Sr. Manuel Dias

O região do Zêzere agradece a cedência da excelente reportagem do Sr. Victor Silva publicada no facebook na página: Ferreira do Zêzere, saudade & companhia, Ilimitada

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Instrutores e graduados da Associação Nacional Artes Marciais em Ferreira do Zêzere

Realizou-se no dia 06 de Janeiro, no dojo de Ferreira do Zêzere, o primeiro treino de 2018, de Instrutores e graduados da Associação Nacional Artes Marciais, da Região Centro do país.


Este treino, teve a duração de 3 horas, divididas por Kata, Kion e Kumite, sendo ministrado os dois primeiros itens pelo Sensei João Cardiga (Presidente da ANAM e Conselho Técnico), e o terceiro item pelo Sensei Hugo Soares (Membro efectivo do Conselho Técnico da ANAM).
Estiveram presentes neste treino, cerca de meia centena de Instrutores e Graduados, provenientes dos vários Núcleos de prática da Região Centro.



 Como já nos habituou, o Instrutor Chefe da ANAM, Sensei João Cardiga, ministrou de forma exímia uma série variada de sequências e combinações técnicas respeitantes ao programa técnico interno da ANAM, bem como, o Kata definido para esta acção e respectiva Bunkai, deixando todos os presentes, motivados e entusiasmados pela excelência do Karaté demonstrado.

 O Sensei Hugo Soares, com toda a sua virtude, mestria e know-how, forneceu um conjunto alargado de informação específica de Kumite podendo ser utilizado e adaptado por cada instrutor à realidade do seu Centro de prática.



Não posso deixar passar sem agradecer a quem colaborou e contribuiu para que este evento se realizasse nos moldes que se realizou, assim agradeço:
À Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, na pessoa do Sr. Eng.º Paulo Neves (Vice-Presidente e Responsável do Desporto), e ao Dr. Hélio Antunes (Responsável da Educação), por toda a disponibilidade, cedência de espaços e logística que em muito contribuem para que o karaté se possa desenvolver no Concelho ;
À equipa de graduados de Ferreira do Zêzere, (Luis Lopes, Orlando Emídio, Victor Dias, Sofia Silva, Andreia São Pedro e Veronique Rousselot Neves), por estarem sempre ao meu lado e apoiarem em tudo, nos projectos deste Núcleo da ANAM;
À Joana Rosa e à sua família, por nos receberem e tratarem sempre tão bem e pela qualidade do serviço no Restaurante a “Grelha do Zêzere

Sensei Paulo Oliveira


terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Alfredo Keil mostra-nos Ferreira do Zêzere... de outros tempos


Está patente na Biblioteca Municipal Dr. António Baião de Ferreira do Zêzere uma exposição de desenhos de Alfredo Keil entre 1896 e 1903.

O concelho de Ferreira do Zêzere foi inspiração para o músico, pintor e escritor onde esteve várias vezes. Aqui registou a carvão, as paisagens, as gentes, as festas e romarias, o povo e o trabalho agrícola, o Zêzere, os monumentos e as casas de habitação. Escreveu poemas e canções sobre lendas e histórias de Ferreira do Zêzere e compôs para instrumentos de sopro a sua marcha "A portuguesa", hoje, Hino Nacional.
Na Estalagem da D. Aninhas cruzou-se com o Rei D. Carlos que também apreciava o concelho de Ferreira do Zêzere para férias e principalmente para as caçadas.




Não perca esta exposição. 
Quem foram os nossos antepassados? O que construíram? como viviam?






"...Músico e pintor, não lhe faltava assunto. Saída de madrugada, escolhia o trecho de charneca, o penedo musgoso, a nesga de Choupana, que lhe falavam com maior ternura à sua alma de paisagista; compunha na palheta os tons brandos do céu amoroso, esboçava uns arvoredos, alegrava os quadros com tons vivos: uma aresta que o Sol riscava na casca rugosa de um pinheiro, uma trouxa de espuma iriada da rosa negra de uma azenha, um lenço vermelho de mulher, um tapete doirado de malmequeres num charco.
Na volta do caminho vem uma pastorita fazendo meia e cantando. A toada é popular, sentimental. Depressa deixa os pinceis, tira o lápis, nota a canção.
Na estrada da vida, assim vai pondo seus marcos feitos de cores e musicais, nas bem-ditas horas em que o artista, julgando descansar, faz seu trabalho mais fecundo.
Mas nem o quadro com seu claro-escuro, suas manchas rápidas de vida em flagrante, seus primeiros planos pormenorizados, seus vulvos tons de meio dia ou véus de crepúsculo, nem as notas, por muito que em tão pouco possam conter duas dúzias de compassos, por mais recordações que um canto possa milagrosamente acordar, nem telas nem músicas repetiam ao artista o que sentira, o que sonhara, o que fora em horas quietas acumulando na fantasia pronta.
Faltava-lhe a palavra, que é como no diadema burilado o diamante que se engasta, que remata a obra, que é todo o motivo dela.
E por isso Alfredo Keil fez seus primeiros versos, a matar uma sede de seu espírito de artista.
Sorria naqueles campos, meditara no alto da serra, sentira os corregos silenciosos, em que a noite desce mais cedo, o calafrio do mistério. Era força encontrar a palavra que dissesse enlevos, meditações, comoções profundas.
Em meio das festas populares, arraiais, romarias, procissões, uma quadrinha maliciosa em boca de serrana era núcleo em que ele ia enrolando o fio da inspiração com que havia depois de tecer suas estrofes. Era luz o lindo olhar de uma mulher sadia; sorriso, o dito pitoresco, comentário ao conto galhofeiro; lágrima, uma velha cruz a recordar num sítio eterno uma tragédia antiga.
O que ele sentira em sua alma, o que sentia o povo nas suas alegrias e dores, procurou exprimir em palavras. Com elas quis explicar o seu trabalho de pintor e de elas fazer legenda aos seus quadros; quis que as notas das suas canções gemessem melancólicas ou brilhantes, vibrassem sobre as silabas sonoras da nossa língua, da língua dulcíssima falada pelas serranas que o inspiraram e logo fizeram dele um poeta.
Daí a composição deste livro raro, em que Alfredo Keil se nos apresenta com todas as suas aptidões, em dois ramos da arte como mestre vitorioso, noutro agora buscando uma nova consagração.
Mas o artista em tudo se revela. Se o pintor e o músico nos falaram já muitas vezes do poeta, é o poeta agora quem nos descreve paisagens da nossa terra, nos diz a poesia de suas canções."
João da Câmara
Excerto do prefácio ao livro "Tojos e rosmaninhos" de Alfredo Keil

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Feira de São Brás a 4 de fevereiro em Ferreira do Zêzere

A Feira e Mostra de São Brás já é um dos mais importantes eventos do concelho de Ferreira do Zêzere. 
Organizada pela Junta de Freguesia de Ferreira do Zêzere, decorrerá este ano no próximo dia dia 4 de fevereiro, domingo. 
Em apenas um dia promove-se a cultura do nosso concelho em vários níveis. Na recreação das feiras dos anos 30, com os participantes trajados à época mostrando alguns objectos e tradições antigas. 
Também a nível musical e etnográfico está bem presente neste certame com a atuação e a presença dos ranchos folclóricos do concelho. Decorreá ainda teatro de rua, exposições e mostra de artesanato e velharias, gastronomia e muita animação e convívio. Neste dia a Tigelada é a rainha da festa, com a 9ª Mostra da Tigelada.



domingo, 7 de janeiro de 2018

Entrevista de Chãos a 22 de janeiro

A entrevista com o Presidente da Junta de Freguesia de Chãos, Edmundo Freitas, será emitida no dia 22 de janeiro, a pedido do mesmo.


Encontro de Grupos de Cantar os Reis c/ vídeos

Realizou-se este sábado, dia de Reis na Associação de Paio Mendes, o tradicional Encontro de Grupos de Cantar os Reis do concelho de Ferreira do Zêzere, uma iniciativa da Câmara Muncicipal e que este ano contou com a presença dos seguintes grupos:

Associação de Melhoramentos Cultura e Recreio de Dornes
Rancho Folclórico da Alegria do Alqueidão de Santo Amaro
Casa do Povo de Ferreira do Zêzere
Rancho Folclórico e Etnográfico da Vila de Pias
Agrupamento de Escuteiros 988
Rancho Folclórico do Bêco de Santo Aleixo
Sociedade Filarmónica Ferreirense
Grupo de Cantares do Zêzere
Amigos da Frazoeira
Centro Cultural e Recreativo de Avecasta
Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense

Não perca o vídeo das atuações.